Pages

O PACOTE DE BISCOITOS

Gosto muito de usar ilustração em minhas mensagens, é uma ferramenta que ajuda muito.Sempre podemos tirar lições dela.

A Ilustração que lhes apresento, me foi enviada pela minha esposa, Adriana Rangel, sempre antenada em me ajudar e nos brinda com uma grande lição.

Vamos ler com calma esta ilustração e aprender uma lição para o resto de nossas vidas.

Uma jovem estava na sala de embarque de um grande aeroporto internacional. E, um fato comum atualmente, o seu vôo atrasou. Como deveria esperar várias horasdirigiu-se até uma livraria e comprou um livro para ler. Também passou em outra loja e comprou um saco com um biscoito que ela amava desde criança.

Encaminhou até a sala vip da companhia aérea e sentou-se numa poltronapara poder ler em paz.

Ao seu lado sentou um senhor muito bem vestido e começou a ler um jornal.

Passou-se um tempo e, ao ver que o pacote de biscoitosestava no banco entre ela o senhor, resolveiu pegar um biscoito para comer.

Mas qual foi sua surpresa ao ver que quando pegou um biscoito aquele senhor tabém pegou um!

“Que atrevido!” – pensou ela – “Se estivesse com disposição para briga, daria um bom soco no seu olhopara que ele nunca mais esquecesse desse atrevimento!“

Mas a cada biscoito que ela pegava, ele também pegava um. Impassível, nem reagia a ela. Aquilo foi deixando-a cada vez mais indignada mas ela não conseguia reagir. Afinal de contas ela não queria um escândalo naquele local.

Enfim, restava apenas um único biscoito. “Ah… o que esse sem-vergonha vai fazer agora?“. Então, ao perceber que só havia um biscoito, o homem pegou o biscoito e partiu ao meio e pegou uma metade e deixou a outra para ela.

Ah! Aquilo já era demais! “Ele passou da conta!” – Bufando de raiva ela levantou-se da poltrona, guardou o livro, pegou sua bagagem e foi até o embarque. Com o canto do olho ela pode perceber que aquele senhor estava olhando para ela sem entender nada!

Ao embarcar no avião, sentou-se confortavelmente em sua poltrona, abriu sua bolsa a fim de procurar seus óculos de sol e, de repente, uma grande surpresa! Seu saco de biscoitos estava ali, intacto!

Sentiu uma imensa vergonha… afinal de contas quem estava errada ali era ela! Esqueceu que ao comprar os biscoitos ela os guardou em sua bolsa. Aquele senhor dividiu os biscoitos com ela sem reclamar, e nem se sentiu indignado, nervoso ou revoltado. Mas ela, na verdade, tinha ficado transtornada pensando que estava dividindo algo seu com um completo estranho. Ficou pensando em como ela saiu da sala vip e sentiu-se cada vez mais envergonhada… agora era tarde para pedir desculpas ou se justificar.

Existem quatro coisas que não se pode recuperar:

A pedra … depois de atirada!
A palavra… depois de proferida!
A ocasião… depois de perdida!
O tempo … depois de passado!
Pense nisso… e aprenda a viver melhor com o seu semelhante.

Autor desconhecido.

1 comentários:

Barro nas mãos do oleiro... disse...

Olá, a paz do Senhor!
Muito legal essa ilustração, muito edificante!Quantas vezes não passamos por isso?São muitas as vezes, e depois é realmente tarde!
Deus abençõe! Abraço!